Emei Pequeno Príncipe: ambiente acolhedor que promove o desenvolvimento das crianças

A Escola Municipal de Educação Infantil Pequeno Príncipe, localizada no bairro Ullmann, em Três de Maio, iniciou as atividades com os alunos em 18 de fevereiro de 2015, com 102 crianças de zero a cinco anos.

Neste ano estão sendo atendidas 172 crianças, com turmas de Berçário I, Berçário II, Maternal A e B, em turno integral, Pré A e Pré B em turno parcial, totalizando dez turmas.

A escola conta com 36 profissionais. A equipe diretiva é constituída pela diretora Fátima de Rosso Dias e pela secretária da escola Viviane Signori. Todas as turmas são atendidas por professoras, monitora, atendentes e auxiliares. O educandário conta também com duas merendeiras e quatro serventes.

O cotidiano escolar é composto por atividades que envolvem desde a recepção até a saída das crianças, como cuidados, repouso, higiene, alimentação balanceada e adequada à faixa etária de cada turma, atividades de recreação livre nas salas e em espaços externos. Do ponto de vista didático, se destaca a hora do conto, passeios, brinquedos e brincadeiras.

‘Integrando a família na escola através da leitura’ é tema de projeto
A escola escolheu trabalhar em 2017 e 2018 com o projeto ‘Integrando a família na escola através da leitura’, que tem o objetivo de despertar o gosto pela leitura por meio de atividades diferenciadas, visando o desenvolvimento de futuros leitores.

São trabalhados temas diversos, dentre eles a identidade de cada um; escola; família – direitos e deveres; meio ambiente (animais, natureza e a alimentação saudável com um cardápio balanceado e acompanhado por nutricionista. Além disso, em um dia da semana os alunos trazem para a escola uma fruta de sua preferência para partilhar com os colegas); avós; folclore; profissões; crianças; etnias e solidariedade. 

Dentro do projeto são desenvolvidas ações como a sacola da leitura; hora do conto utilizando diversas técnicas (varal, fantoches, saia literária) em ambientes diferenciados; montagem de livros pelos alunos; encenação de histórias; feira do livro; encontro com o escritor; visita a Biblioteca Pública; entrevista com as famílias sobre hábitos de leitura; cinemão; confecção de jogos, maquetes, cartazes sobre as histórias; mostra de talentos; aquisição de livros para o acervo literário da escola; organização da biblioteca da escola e o cantinho da leitura; hora do conto molhada; história “Douglas quer um abraço”, distribuição de abraços na cidade e escola; embelezamento do Poliesportivo da cidade; oficina de literatura para as professoras e Geladoteca (geladeira com livros).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *